segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Micro-crônica de Facebook

A casa de Arlinda e Zeca
Vi hoje uma casa abandonada na roça, no sertão da Bahia, divisa com Minas, de pessoas que eu conheci quando criança, que já partiram do planeta. Fica na Barra do Rio, perto do Distrito do Alegre, Condeúba.

Sem demagogia, deu pra sentir na prática que ninguém é dono de nada.

A propriedade privada, se é que existe, é da Terra sobre nós. O inverso, jamais.

Nenhum comentário: