segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

Vestígios da Coluna Prestes em Condeúba, Bahia

Acima, o Paço Municipal de Condeúba (Bahia). Na imagem inferior,
a frase supostamente pintada por Siqueira Campos, durante a passagem
da Coluna Prestes por aquele município, no interior do paço.
Olhem a preciosidade!

A foto de cima, eu que tirei em fevereiro de 2011. É o Paço Municipal de Condeúba (Bahia), antiga sede da Prefeitura, atualmente a Secretaria de Cultura daquela cidade. A foto na parte inferior me foi enviada pela equipe do site ddez.com.br, também de Condeúba. Trata-se de uma frase escrita por um dos membros da Coluna Prestes (os famosos "revoltosos" da memória popular do Sudoeste da Bahia e do Norte de Minas) numa das paredes internas do referido Paço Municipal, provavelmente em 15 de abril de 1926, 11 dias antes da Coluna chegar a Taiobeiras/MG (26 de abril de 1926).
Siqueira Campos

De acordo com um documentário publicado no site Guajeru On Line, a "pichação" no interior do Paço Municipal de Condeúba é atribuída ao militar, militante do tenentismo, Antônio de Siqueira Campos: "De acordo estudo feito por Souza[74], uma testemunha presencial confirma que as pichações foram feitas por Siqueira Campos com uma escova de dente embebida em tinha verde. A frase da primeira pichação, segundo o estudioso, é de autoria do escritor francês Taine, sendo que a tradução para o Português foi feita pelo baiano Rui Barbosa. Daí, a autoria designada para “TAINE Ruy”. Provavelmente, Siqueira Campos escreveu de memória, sem ter sob os olhos o texto original, isso pode explicar o equivoco no emprego da palavra ferragem ao invés de farragem[75], como está na tradução de Rui Barbosa".

Estou produzindo um capítulo para o livro "Os Mil Tons da História", do poeta e amigo salinense Milton Santiago. Nesta obra, pretendemos abordar a passagem da Coluna pelos nossos sertões, além de vários outros temas relacionados à nossa história, buscando dar novos olhares e tratamentos, valorizando a visão, a narrativa e o saber do povo.

Nenhum comentário: