quinta-feira, 12 de junho de 2014

A Copa, o poder da mídia e o complexo de vira-latas

A grande mídia nacional, traidora e apátrida, tem conseguido incutir na cabeça de milhões de brasileiros os mais perversos sentimentos de ódio e de raiva por seu próprio país. Nem mesmo a paixão do Brasil pelo futebol foi poupada.

O objetivo dos barões da mídia é claro: fazer voltar ao poder o velho modelo colonialista, "escravocrata", retrógrado e injusto. Modelo que, por séculos, esteve instalado no governo do Brasil, sendo correia de transmissão entre os interesses da "casa grande" e os das potências centrais do capitalismo mundial.

O que se vê: de um lado um complô direitista para levar o Brasil à condição de nação colonizada (mais uma vez), de outro a complacência de setores sociais estúpidos, que se deixam pautar pelas manchetes dos grandes grupos de mídia. Ainda assim, um tempo fecundo de politização e de esperanças.

Que tenhamos ouvidos, olhos e mentes abertas para não deixar que isto prevaleça! Não podemos retroceder a 2002, antes da vitória de Lula.

Avante os que defendem os interesses do povo! Estou com Dilma Rousseff em 2014.

Nenhum comentário: