terça-feira, 10 de setembro de 2013

Esopo em Taiobeiras e os lobos em pele de cordeiro

Interessante e lamentável, a radicalização política após a Operação Esopo, da Polícia Federal, passar por Taiobeiras no dia 9 de setembro de 2013. Trataram logo de culpar e acusar a oposição local, numa óbvia manobra para desviar o foco. "A melhor defesa é o ataque".
A verdade é que a oposição de Taiobeiras atuou somente e democraticamente na últimas eleições. E tem atuado dentro do Parlamento Municipal. Acho, até, que deveria agir mais. Mas não é o caso. Ponto.
Esta operação é da Polícia Federal, que não tem lado, nem oposição nem situação. Está ocorrendo em 10 estados do Brasil, em várias cidades de Minas, acusando ex-prefeitos dos mais variados partidos políticos, do PT ao PSDB, do PDT ao PMDB, etc.
Logo, as pessoas deveriam ficar mais atentas, entender do que se trata, saber quais são as acusações e a gravidade delas, antes de sair por aí tomando defesas cegas ou partindo para a ignorância política.
Em última instância, qualquer um de nós, que paga tantos impostos, deveria estar preocupado em desmascarar os devidos culpados por tantos desvios. Mas, deixemos as acusações para a Polícia Federal e para o Ministério Público Federal. Cabe a estas instituições, por direito, esta árdua tarefa. A nós, exigir resultados, punições ou comprovação de inocências.
No fundo, no fundo, quase sempre, todos nós acabamos iludidos por "lobos em pele de cordeiro". Avancemos!

Um comentário:

edivaldo disse...

isso ai levom concordo plenamete com vc