sexta-feira, 23 de março de 2012

Taiobeiras: violência e insegurança em debate e na prática

Reunião sobre segurança pública na ACIT (Taiobeiras)
A convite do presidente da ACIT (Associação Empresarial de Taiobeiras), Carlito Arruda, participei como representante da categoria dos educadores de uma reunião na sede desta associação no início da noite de 22 de março de 2012, que tratou sobre as medidas que a Polícia Militar de Minas Gerais vem implantando para coibir a violência e a recente onda de crimes contra o patrimônio (furtos, roubos, arrombamentos, etc.) em Taiobeiras.

Os dados fornecidos, que mostram o avanço da criminalidade nos últimos anos, foram repassados pelo comandante da 2ª Companhia Independente de Polícia Militar de Minas Gerais de Taiobeiras, capitão Paulo Eliedson e demais militares sob suas ordens.

Os comerciantes de Taiobeiras, em geral, fizeram vários questionamentos aos militares, sobre como implantar os melhores hábitos e métodos para a prevenção de crimes contra o patrimônio e contra a vida, recebendo algumas dicas e esclarecimentos dos policiais.

Violência em Taiobeiras
Tragicamente, segundo informações do diretor do Jornal Folha Regional, Alex Sandro Mendes, na mesma noite, mais um assassinato ocorreu na periferia de Taiobeiras. Um jovem de 16 anos, identificado como B.S.F., foi executado com quatorze tiros. A vítima estava acompanhada de duas outras menores num bar do bairro Planalto, mas elas não foram atingidas. As testemunhas dizem que os autores foram dois homens, que chegaram de carro já atirando, mas não souberam dar mais detalhes. A PM suspeita que o homicídio se deve ao tráfico de drogas.

Nenhum comentário: