domingo, 4 de dezembro de 2011

Audiência Pública: Norte de Minas se preocupa com impacto da atividade mineradora

Audiência no plenário da Câmara Municipal de Taiobeiras
Por Júnior Dias, no Paraisofest.com.br
Com informações da ALMG

A Comissão de Minas e Energia esteve em Taiobeiras, no Norte de Minas nesta sexta-feira (2), a pedido do Deputado Estadual Rogério Corrêa, onde realizou audiência pública sobre os investimentos minerários da região. O momento serviu também para as comunidades atingidas pela mineração apresentarem denúncias, já que a ação das mineradoras têm causado muitos problemas. As comunidades reclamam de falta de informação sobre os projetos, e também de transtornos já provocados na fase de pesquisas.


Na comunidade quilombola de Peixe Bravo, município de Rio Pardo de Minas por exemplo, moradores ficaram por mais de uma semana sem poder consumir água de suas nascentes devido a contaminação causada pelas empresas que pesquisam o minério. Já em Riacho dos Machados, a empresa mineradora tem pressionado a sociedade dos municípios a apoiarem o processo e tem trabalhado diligentemente para o não cumprimento de muitas condicionantes, inclusive não tem apresentado todos os estudos necessários e mesmo assim, tem recebido as licenças para funcionamento.


Essas foram apenas algumas das questões que contrapuseram aos interesses dos prefeitos e empresários que também estiveram presentes na reunião. Essa audiência foi solicitada pelo Mastro - Movimento Articulado dos Sindicatos dos Trabalhadores Rurais do Alto Rio Pardo e pela Associação Amigos de Porteirinha.

Os movimentos sociais da região foram mobilizados para fortalecer a luta pela justiça e pelos direitos dos povos!

Taiobeiras é vizinha de uma grande jazida de ferro e ouro. A exploração é pretendida por 7 empresas que devem iniciar as atividades a partir de 2014.


Na audiência, um biólogo que percorreu a região apontou as consequências da mineração para o meio ambiente, segundo ele, responsável por 38% do lixo produzido no planeta. Ele alertou ainda quanto ao potencial turístico na área que é cheia de grutas e cavernas.


Os deputados devem realizar um debate público em Belo Horizonte com a presença das empresas que estariam pressionando os proprietários a venderem as terras.


Foto: Jornal Folha Regional

Nenhum comentário: