terça-feira, 6 de setembro de 2011

SER TÃO Igreja Assim

* Poema de Maria de Lourdes Lima da Fonseca, por ocasião do lançamento da Revista do Centenário da Arquidiocese de Montes Claros/MG (26 de agosto de 2011). Fonte: Ser Tão Igreja.

Essa Igreja arquidiocesana
Chão dos joões, Josés e Marias
É canteiro do Deus Pai-e-Mãe
De onde brota a luta,
o canto, a alegria

É um espaço criador
terreno de iguais e diferentes
Onde a fé, misturada à vida
É tempero para o verdadeiro ser gente

Nessa terra de latifúndio
Carvoeiras, mineração
Nosso povo solta a voz
Grita contra a opressão
Enfrenta e defende a vida
Revela seu Ser-Testemunha
Constrói libertação

Sob as bênçãos de tantos santos
De Nossa Senhora, do Bom Jesus
Nosso povo enfrenta as sombras
E transforma trevas em luz

O seu ser de vazanteiro
Quilombolas e geraizeiros
Estampa o rosto de Jesus Cristo
Sendo branco, índio ou negro
mantendo a fé e a esperança
Deste povo norte-mineiro

Nunca sem dificuldades
Sua marca é o pé-na-estrada
Mas encontra sempre um motivo
De celebrar a caminhada

Povo que se organiza em missão
Formando comunidade
Que dá testemunho de vida,
De luta por dignidade

Defende a criança, o jovem, idoso,
O ser humano, enfim
É essa garra que o faz
SER TÃO IGREJA assim

Nenhum comentário: