quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Para encerrar agosto com fé e esperança

Agosto é o mês ao qual se atribuem certas alcunhas negativas, especialmente na política nacional. De fato, foram em "agostos" que Getúlio Vargas se suicidou e que Jânio Quadros renunciou à Presidência da República, levando à crise pela posse de João Goulart. Também em nível mundial, agosto não tem boa fama. No longínquo 1945 as duas únicas bombas atômicas a serem detonadas em guerra na história humana foram jogadas sobre Hiroshima e Nagazaki, no Japão, pelo Governo "terrorista" dos EUA. Já aqui em Taiobeiras, a atual administração que nunca sofrera qualquer arranhão de imagem em quase sete anos de poder, neste agosto enfrentou o gosto amargo de ser denunciada, de dentro, acerca de processos licitatórios suspeitos. Mas eu prefiro as tradições sertanejas do nosso povo. Por elas, agosto é o mês do Bom Jesus da Lapa, das grandes romarias e das demonstrações e vivências da fé e da esperança da população simples do interior do nosso Brasil. Então, para encerrar mais este mês do intenso 2011, apresento esta bela canção do cantor e compositor baiano, Edigar Mão Branca, Romeiro de todo ano.

Romeiro de todo ano
Edigar Mão Branca
Clique aqui para ouvir

Eu sou romeiro de todo o ano
Minha promessa eu pago aos pés da cruz
Eu sou romeiro eu vim de longe
Eu sou valido pelo Bom Jesus...

Eu sou romeiro de todo o ano
Minha promessa eu pago aos pés da cruz
Eu sou romeiro eu vim de longe
Beijar o altar do Senhor Bom Jesus...

Renovo minha força pra viver
Agradeço pela graça recebida
Aprendo a construir um mundo novo
Pão e paz pro nosso povo...

Bom Jesus é a nossa fonte de água viva...

A igreja da Lapa é feita de pedra e luz
Eu quero beijar o altar do Senhor Bom Jesus...

Nenhum comentário: