segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

A molecada "de elite" que quer matar Dilma

Eu confesso que queria iniciar 2011 com um post mais feliz aqui neste blog, mas a realidade crua do fanatismo despertado pela mídia e por setores autoritários da política e da sociedade brasileiras me fazem apresentar esta brilhante reflexão do jornalista Luís Nassif para vocês. Levon.

Por Luís Nassif em seu Blog

No dia 1º o excelente blog "Curso Básico de Jornalismo Manipulativo" publicou a nota abaixo, sucinta, com o título dizendo tudo: "A perigosa catarse da oposição derrotada".. Ontem, o nosso colega Eduardo Guimarães iniciou uma campanha contra os jovens agressivos apontados pelo Blog.

Fico com a conclusão sucinta do Blog. A responsabilidade por essa maluquice que tomou conta do país é de quem conduziu a campanha de catarse e o papel irresponsável da velha mídia, de esquecer de suas responsabilidades com a opinião pública e promover clima propício a linchamentos. Para vencer atropelaram princípios civilizatórios e a missão principal da mídia, que é ser um foco de racionalidade contra o caos trazido pela má informação.

Sem essa loucura, gradativamente o país está voltando ao normal. De repente pessoas que achavam que Dilma era assassina começam a evocar outro mantra midiático - o de que, por ter diploma, é melhor que Lula, e outras sandices típicas de quem só consegue entender papel da mídia como difusor de slogans que impedem o raciocínio.

A rapaziada selvagem abaixo não deve ser criminalizada. Merece um bom susto e palmadas dos pais. A responsabilidade é de que os levou a trilhar esse caminho de ódio.

 

Nenhum comentário: