domingo, 16 de janeiro de 2011

Memorial da Juventude de Taiobeiras: apresentação

* Referente às páginas 13 e 14 do livro Memorial da Juventude de Taiobeiras (Ação Microprojetos Mais Cultura - Governo Federal, Ministério da Cultura, Funarte, Instituto Nordeste Cidadania, Banco do Nordeste e Governo de Minas). Texto de Levon do Nascimento.

Aparentemente as expressões “Memorial” e “Juventude” não se ligam uma à outra. Geralmente, a memória é coisa de quem tem mais idade e fica recordando os fatos do passado; e juventude representa o início, o projeto de futuro, aquele momento em que, muitas vezes, o passado não importa; valor mesmo tem é o presente no qual se constrói o futuro.

Mesmo assim, resolvemos levar adiante a noção de que em todo tempo há “Juventude”. E que, apesar das características de cada época, a juventude tem traços em comum que vão além do tempo em que se é jovem. São eles: a alegria, a disponibilidade, o entusiasmo, a capacidade de sonhar e fazer com rapidez, a  irreverência... Tudo isto, sem se apegar a dogmas, tradicionalismos ou autoritarismos impostos pela sociedade.

É esta capacidade de fazer e amar; sorrir e construir; dançar e cantar, que queremos tornar perene neste trabalho. Queremos criar uma memória coletiva, afetiva e comum de todas as juventudes sonhadoras, lutadoras e transformadoras; de todos os tempos da história de Taiobeiras.

Queremos olhar pela janela desta história e enxergar no rosto do jovem dos anos 80 do século XX, com suas roupas e penteados da época, a mesma emoção de um jovem da primeira década do século XXI. E
assim, fazer a comparação entre os desejos e as visões de mundo de uma época e de outra.

Taiobeiras sempre teve uma juventude sonhadora, capaz e atuante. Uma juventude que nunca se conformou com as regras impostas pela sociedade. Juventude alerta aos problemas e sofrimentos do próximo. Juventude festiva e irradiante de uma fé na vida, no sagrado, nos irmãos e irmãs, no progresso e no planeta.

Este “Memorial da Juventude de Taiobeiras” é uma janela por onde os jovens de todos os tempos poderão mirar seus sonhos, suas lutas, seus valores, sua dedicação e, assim, reencontrarem-se consigo mesmos e, mais uma vez, com alegria juvenil, assumir suas vocações para o bem comum, para a vida em comunidade, para a transformação do mundo em uma sociedade mais justa, humana e solidária.

Taiobeiras precisa inebriar-se de sua juventude. Juventude de todos os tempos. E uma vez inebriando-se, refletir em suas ações a irreverência saudável, a inocência utópica, a coerência revolucionária e a crença sem medo: valores próprios do universo juvenil.

O livro MEMORIAL DA JUVENTUDE DE TAIOBEIRAS pode ser adquirido por R$ 20,00 (vinte reais) na sede do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Taiobeiras, na Rua Conrado Rocha, 255, no centro de Taiobeiras.

Nenhum comentário: