sexta-feira, 6 de agosto de 2010

6 de agosto: Dia do Bom Jesus da Lapa

Nossa fé indica que Jesus, o Nazareno, "é verdadeiramente Deus e verdadeiramente homem". É a encarnação da Palavra do Pai que veio à história humana para salvar homens e mulheres, fazendo-os reconciliarem-se com Deus, consigo mesmos e com a criação inteira.

Hoje, 6 de agosto, a liturgia católica celebra a Transfiguração do Senhor Jesus Cristo no Monte Tabor. No sertão da Bahia, por analogia e simbolismo, visto que o templo é  também uma montanha, como o Tabor do Médio-oriente - só que às márgens do também sagrado Rio São Francisco - se celebra a grande festa do Bom Jesus da Lapa.

Tradição tri-centenária, a romaria ao Santuário do Bom Jesus teve início nos tempos da colonização e se associa ao catolicismo piedoso e popular. Baianos e norte-mineiros, além de outros brasileiros, todos para lá se dirigem em devoção.

O povo humilde que acorre aos pés do Bom Jesus no sertão é, simbolicamente, toda pessoa humana, com sua visão ainda limitada pelas realidades da condição terrena, que busca a libertação de todos os males: os físicos, os sociais, os econômicos e os transcendentais.

A fé no Bom Jesus é a crença no amor, na fraternidade e na vida. Vida, caminho e verdade que só o Nazareno é capaz de ser e doar àqueles que o procuram.

Nenhum comentário: