sábado, 15 de maio de 2010

Virada: Dilma na frente com 38%, diz Vox Populi

Do site Dilma na web

Dilma cresce e lidera pesquisa

A pré-candidata do PT, Dilma Rousseff, cresceu e está liderando, pela primeira vez, a preferência para as eleições presidenciais deste ano. Segundo pesquisa do instituto Vox Populi, divulgada hoje à noite pelo canal de televisão Band, Dilma tem 38% das intenções de voto na consulta estimulada, com um aumento de nove pontos percentuais em relação ao levantamento de janeiro.

José Serra, pré-candidato do PSDB, caiu três pontos percentuais e está agora com 35%, de acordo com a Band. Marina Silva, do PV, se manteve no patamar de 8%. Os indecisos representam 11%, e os votos brancos e nulos estão em 8%.

No cenário de segundo turno, Dilma superaria Serra por 40% a 38%. Como a margem de erro da pesquisa é de 2,2 pontos percentuais, os dois candidatos estão tecnicamente empatados tanto na simulação de primeiro turno como na de segundo turno.

Na pesquisa espontânea, quando o eleitor responde aos pesquisadores em quem votar, Dilma também é indicada como a melhor opção dos eleitores. Ela aparece com 19% das intenções de voto, e o adversário tucano, com 15%.

Os eleitores dos estados do Nordeste preferem Dilma, onde tem a maior aprovação: 45%. Na divisão de gêneros, a pré-candidata do PT tem mais aprovação entre os homens brasileiros, com 42% dos votos, e 34% são das mulheres. Para Serra, o cenário é mais equilibrado: 35% dos seus votos são de mulheres e 34% de homens.

O Vox Populi consultou 2.000 eleitores em 117 cidades de 23 estados e o Distrito Federal. Os dados foram levantados entre os dias 8 e 13 maio. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número 11.266/2010.

Comentário do Levon:

Óbvio que a velha mídia - Globo, SBT, Revista Veja, Folha de S. Paulo, Estado de Minas, etc... - divulgará esta notícia no rodapé de suas páginas impressas ou virtuais, ou em flashes de um segundo de duração nos seus telejornais. Se fosse o contrário, ficaria uma semana inteira no ar, martelando na cabeça das pessoas. Só por este mero detalhe, relacionado ao apoio/desapoio da imprensa elitista, já se sabe qual dos dois é a mais indicada para governar o Brasil.

Um comentário:

Cicero Vieira Torres disse...

Companheiro Levon, muito pertinente o seu comentario. As mídias farão de tudo para tentar influenciar o eleitorado visando levar a campanha da companheira Dilma a derrota. Felizmente, uma coisa que não conseguirão vencer, é a inigualável capacidade de se comunicar e se fazer enteder pelo povão que tem o nosso Presidente da Republica. Quando ele for ao horario eleitoral e dizer claramente: esta é a minha candidata, votem nela pela continuidade das ações do meu gorverno, os grandes veiculos de comunicação vão ter que enfiar suas violas no saco