sábado, 29 de maio de 2010

Lula e o Brasil na imprensa mundial

Veja o que a revista alemã Der Spiegel publicou neste sábado a respeito do Presidente Lula e da nova política externa do Brasil. Dá muito orgulho de ser brasileiro no atual momento vivido pelo país, apesar de todos os problemas que, evidentemente, não podem ser esquecidos.

DER SPIEGEL, Samstag, 29. Mai 2010 : "LULA SUPERSTAR”

Um trecho: "Transpirando autoconfiança, o presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva está elevando o status global do seu país ao protagonizar um número cada vez maior de iniciativas na área de política internacional. Na mais recente dessas ações, ele convenceu o Irã a concordar com um polêmico acordo nuclear. Poderia este acordo proporcionar uma oportunidade para que sejam evitadas sanções e guerra ? Ele foi acusado de ser muitas coisas no passado, incluindo um comunista, um proletário grosseiro e um alcoólatra. Mas a época dessas acusações acabou há muito tempo. À medida que o Brasil cresce para tornar-se uma nova potência econômica, a reputação do presidente brasileiro cresce de forma meteórica. Hoje em dia muita gente vê o presidente como um herói do hemisfério sul e um importante contrapeso em relação a Washington, Bruxelas e Pequim".

Outro: “…Lula demonstrou que sabe nadar no aquário dos tubarões grandes. Nos bastidores, Lula Superstar costuma contar como curou os diplomatas brasileiros da síndrome de vira-lata; assim ele denomina o profundo complexo de inferioridade que muitos dos seus compatriotas até pouco tempo atrás sentiam frente a americanos e europeus. Foi em 2003, na grande estréia internacional de Lula na cúpula do G-8, em Evian na França. Todos estavam sentados e esperaram por George W. Bush. Quando este finalmente entrou no salão, todos levantaram. Só Lula ficou sentado e mandou o seu Chanceler fazer o mesmo. 'Eu não participo deste comportamento servil. Quando eu entrei, ninguém levantou', disse o Presidente do Brasil".

Fonte:  Luis Nassif

Nenhum comentário: