domingo, 2 de maio de 2010

Justiça impede governo de contratar para substituir grevistas

Do Blog do Euler


Extra, extra: uma vitória importante dos educadores de Minas e do seu sindicato - o Sind-UTE - ocorreu no dia 30 de abril, com a conquista de uma liminar ao Mandado de Segurança impetrado na Justiça mineira, impedindo o governo do estado de contratar servidores para substituir os trabalhadores em greve.

O Mandado de Segurança elaborado pelos advogados do Sind-UTE foi uma resposta imediata ao Ofício 1013/2010 que a Secretaria da Educação enviou para os diretores das escolas tentando intimidar os servidores contratados, num ato que agride aos direitos constitucionais do cidadão e do trabalhador.

Mesmo tendo voltado atrás parcialmente, o governo manteve o clima de terror psicológico, com a colaboração de alguns diretores despreparados e coniventes com a chantagem. Agora, com a liminar da Justiça, fica assegurado o direito constitucional de qualquer servidor, contratado ou efetivo, aderir livremente à greve que foi aprovada em assembléia do sindicato no dia 08 de abril de 2010.

É a força da greve e da unidade dos trabalhadores! Só com a luta e com essa unidade é que conseguiremos a nossa vitória, que pode estar próxima, só dependendo de nós mesmos.

Nenhum comentário: