sábado, 27 de março de 2010

Professor em greve socorre Policial

Professores da rede estadual de São Paulo estão em greve por melhores salários e condições de trabalho, onde o governo é do PSDB, sob o comando de José Serra, provável candidato a Presidente da República.

Em 26 de março de 2010 os professores fizeram uma manifestação. A Polícia Militar de São Paulo, sob as ordens de Serra, deixou de prender os bandidos e atacou ferozmente os professores, sem necessidade, pois o protesto era pacífico. Evidentemente houve reação. E aí surgiu a seguinte cena. Um professor solidário, mesmo tendo apanhado da PM, socorre e carrega nos braços um policial ferido. É a foto de 2010.

Fonte: Blog do Luis Nassif.

3 comentários:

Anônimo disse...

Complicada a situação do professor em SP. Os ataques não se resumem a bombas de efeito moral, mas há um verdadeiro ataque contra a moral do professor.

RHANSLEY disse...

Gostei muito da ação desse estudante,talvez os outros estudantes e policiais se conscientiza.

Solidariedade Igualdade Fraternidade disse...

Genial esta foto, Levon... Parabéns para o fotógrafo... Os militares que tanto sacaneiam com os movimentos sociais, são ajudados pelos mesmos... Será que um militar carregaria um militante no colo em uma manifestações dessas? Ah! Li o seu comentário lá em meu blog.. Vou lhe responder em breve... Sua pergunta exige uma resposta afinada... Abraços, João Renato