terça-feira, 9 de março de 2010

O tempo

Chega um tempo em que as coisas mudam de lugar.
Em que o predomínio da vontade única sede caminho aos anseios plurais.
Chega um tempo em que o poder cai sobre a areia.
Em que suas raízes apodrecem e dão espaço a novas.
Chega um tempo em que não vemos mais embaçada a realidade diante de nossos olhos.
É o tempo da confiança e do amadurecimento.
Chegou o vento da novidade! É o tempo de esperança!

Nenhum comentário: