terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

Sete igrejas cristãs abrem Campanha da Fraternidade deste ano

* Da Arquidiocese de Montes Claros/MG

Organizada pelo Conselho Nacional de Igrejas Cristãs (Conic), a Campanha da Fraternidade deste ano é ecumênica e convoca brasileiros a debater "Economia e Vida". "Colaborar na promoção de uma economia a serviço da vida, fundamentada no ideal da cultura da paz, a partir do esforço conjunto das Igrejas Cristãs e de pessoas de boa vontade, para que todos contribuam na construção do bem comum em vista de uma sociedade sem exclusão". Este é o objetivo da Campanha da Fraternidade Ecumênica (CFE) de 2010 que será aberta em todo o Brasil na Quarta-Feira de Cinzas, de 17 de fevereiro.

A abertura nacional será em Brasília, Distrito Federal, com coletiva de imprensa convocada pelo Conic. A coletiva será às 14h, na Comunidade Evangélica de Confissão Luterana da capital federal, na Quadra 406 Sul. À noite, os presidentes das cinco Igrejas membros do Conic presidirão uma celebração ecumênica no Santuário Dom Bosco, em Brasília (DF), com a presença de fieis de todas as Igrejas cristãs. A celebração será às 19h e 30min. Criada pela Igreja Católica em 1964, é a terceira vez que acontece uma CFE - a primeira foi organizada em 2000 e a segunda em 2005.

Neste ano, as Igrejas do Conic propõem uma reflexão sobre o sistema econômico vigente no país, inspirada no versículo bíblico "Vocês não podem servir a Deus e ao dinheiro" (Mt 6, 24). Para divulgar a Campanha foram produzidos cartazes, folders, DVDs, além de um livro de 80 páginas, conhecido como Texto-Base, carro-chefe de todos os materiais confeccionados durante as Campanhas da Fraternidade. Ele traz todo o conteúdo que deverá ser refletido nas comunidades das Igrejas membros do Conic.

Sistema econômico

O Texto-Base faz uma análise da economia do país e insiste que ela deve estar a serviço da vida. "A economia não é uma estrutura autônoma. Ela faz parte das prioridades políticas. As políticas econômicas e as instituições devem ser julgadas pela maneira delas protegerem ou minarem a vida e a dignidade da pessoa humana, sustentarem ou não as famílias e servirem ao bem comum de toda a sociedade", diz o Texto em seu Parágrafo 26.

O Texto sugere também ações concretas a serem assumidas pelas comunidades como, por exemplo, a educação para a solidariedade e uma economia solidária com compromisso social. A Campanha da Fraternidade é realizada durante toda a Quaresma e, no Domingo de Ramos, 28 de março, será feita a Coleta da Solidariedade como gesto concreto da Campanha. Os valores arrecadados serão aplicados em projetos que visem a superação da exclusão social e econômica no país.

Serviço: Coletiva de Imprensa - Abertura da Campanha da Fraternidade Ecumênica de 2010, Data: Quarta-Feira de Cinzas - 17 de fevereiro, Horário: 14h. Local: Templo da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil (IECLB). Endereço: EQS 405/6 Sul, em Brasília (DF) - dentro da quadra residencial em frente ao Bloco G da 406/Sul

Presenças: 1. Pastor Sinodal Carlos Augusto Möller - Presidente do Conic - IECLB, 2. Reverendo Luiz Alberto Barbosa - Secretário-Geral do Conic - IEAB, 3. Dom José Alberto Moura - Arcebispo Metropolitano de Montes Claros (MG), Presidente da Comissão Episcopal Pastoral para o Diálogo Ecumênico e Inter-Religioso da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e primeiro vice-presidente do Conic, 4. Dom Maurício de Andrade - Bispo Primaz da IEAB e Diocesano de Brasília (DF), 5. Pastor Walter Altmann - Presidente da IECLB e Moderador do Conselho Mundial de Igrejas (CMI), 6. Padre Joanilson Pires do Carmo - Representante do Delegado do Patriarcado de Antioquia da Igreja Sirian Ortodoxa e 7. Reverendo Nilson Emerick - Vice-Moderador da Igreja Presbiteriana Unida

Outras Informações: (61) 3321-4034, (61) 2103-8368 e (61) 8119-3762. Sites Relacionados: http://www.cnbb.org.br/, http://www.conic.org.br/.

* Fonte: Site da Arquidiocese de Montes Claros/MG.

Nenhum comentário: