quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Chuva lá, seca aqui

Enquanto vemos na grande mídia que a chuva intensa castiga os estados do Sul, além do "alagão" e dos deslizamentos de terra em São Paulo e em várias cidades do Rio de Janeiro, aqui no Norte de Minas a impressão é de que estamos em outro planeta.

Há mais de 20 dias não chove em Taiobeiras e na região inteira. O calor é intenso e o sol castiga quem se atreve a enfrentá-lo a qualquer hora do dia. A ameaça da falta de água pode se tornar realidade em breve.

Teses se levantam. Será o grave aquecimento global se associando ao clássico problema da seca no semiárido? Ou será uma edição catastrófica do El Niño? Respostas devem ser dadas pelos especialistas, não cabendo teorias conspiratórias e apocalípticas.

Parece que as desigualdades social e econômica provocadas pelo ser humano ganancioso, desta vez chegaram até as nuvens. Os de lá debaixo do mapa do Brasil estão se afogando, enquanto os de cá de cima estão se sufocando. Evidentemente, a situação é sempre mais grave para os pobres, de ambas as partes do país.

Nenhum comentário: